Archive for the ‘Nada com nada’ Category

Super Obama World

novembro 5, 2008

obamagame

Obama venceu as eleições e com toda certeza é um fenômeno pop mundial. E como eu falei nos últimos drops, é um belo estudo de caso para cursos de publicidade e propaganda. Tem de tudo. Além dos tradicionais materiais de campanha, Obama teve um forte apoio dos jovens e com eles, conseguiu dominar a internet. O joguinho acima eu descobri no blog da Galileu, e é mais uma maneira inteligente, divertida e muito criativa para marcar a “Obamamania” que tomou os Estados Unidos e está tomando o mundo. O jogo é inspirado, claro, no tradicional joguinho Super Mario Bros, um dos mais vendidos no mundo. 

Para jogar acesse: http://superobamaworld.com/

Anúncios

Drops de uma madrugada de quarta-feira…

novembro 5, 2008

obama

# deu Obama! Será que isso é bom ou rim? Sei lá, a gente nunca pode esperar muita coisa de um político americano. Pelo menos o mundo se livrou de Bush e toda corja, que continuaria se McCain vencesse. Mas americano é muito foda em marketing, publicidade. Criaram uma imagem de Obama que lembrou Martin Luther King e os movimentos civis dos anos 1960.

# a campanha de Obama é um exemplo para marketeiros do mundo todo. Aqui no Brasil um monte de gente imitou aquela propaganda que o lídero do Black Eye Peas fez do Obama. Até aqui em Itajaí houve um plágiozinho.

# a onda Obama é o hype político do ano. Ser cool e não dizer que é Obama é ultrajante. É só tu pegar as celebridades que apóiam Obama. Vários atores e diretores de Hollywood, cantores, rappers, atletas, enfim, a nata pensante da classe artística americana. Já McCain tem apoio de políticos de sucesso do lado republicano e meia dúzia de atores e atrizes. Destaque para o governador Arnold Terminator e o Stalone. Bom esses dois tudo bem, eles fomentam o cinema bélico de Hollywood, seria muita boiolice votar em Obama.

# hoje eu praticamente estava sem fome. Mal tomei café, nem almocei e comi pouco de tarde. A noite nem tinha jantado. Ainda há pouco eu resolvi pedir uma torrada de frango lá do Tropical Lanches. Ligo para o lugar e a atrapalhada moça me pede o que eu quero. Digo e logo em seguida ela pede meu fone. Digo e ela diz: “Sr. Rafael…” e fica muda falando com um cara que me parecia ensinar ela como proceder ao ligar para o cliente.

# Depois ela pergunta que rua que eu moro, número e apto. Digo tudo que ela me pede, mais uma cara do cara provavelmente ensinado-a a colocar meus dados no PC. Mais um tempo de demora. Ai a moça começa a bater papo com outra que pergunta o fone dela e que horas que ela sai e o cara de certo, imagino eu, mexia no software que registra o pedido. Eu no celular que nem um 2 de paus, esperando. Ai a moça volta pro fone e mais uma vez pergunta: “O que o senhor vai quere para entrega?”  Puto da cara eu digo: “Nada!”, e desligo o telefone. Me restou comer bolacha salgada…

# recebi ontem o CD da banda Don Capone, de Orleans. Em breve vamos dar uma ouvida e falar um pouco sobre essa banda lá do Sul catarina.

# os Beatles são donos da idéia dos shows em grandes arenas. Em 1965 arriscaram tudo nisso e a ABC gravou um concerto em Nova Iorque no quente verão de agosto daquele ano. O Shea Stadium, que reuniu mais de 60 mil pessoas no estádio do New York Mets, time de basebal. O show foi gravado em cores e transmitido dias depois na TV. A estrutura foi horrível. Primeiro que naquela época não tinha PA, segundo que as vozes dos caras foram ligadas a auto-falantes do estádio, que anunciam troca de jogadores e terceiro que as 60 mil pessoas não paravam de gritar, praticamente impossível ouvir o que eles cantavam.

# o vídeo acima mostra bem como foi isso. Mas nada me tirada cabeça que rolou um baita overdub nesse filme do Shea Stadiu, fora a falta de sincronismo das câmeras com a música. Mas o ato em si é extremamente histórico e só conhecemos shows em grandes arenas, pois esses ingleses foram meio que pioneiros. O Planeta Terra vem ai, se você for, observa bem esse vídeo e o lugar aonde rolarão os shows. Tu vais ver que o que os Beatles fizeram foi na raça mesmo. No ano seguinte, 1966, eles abandonaram essa loucura de shows ao vivo para grandes (ou qualquer) platéias.

# não dá para agradar a todos. Mas existem alguns que você tem que aturar e aprender a conviver. Eu tenho vários calcanhares de aquiles no Mundo47. Alguma notícia mais marota ou até mesmo crítica a algum artista que eu recebo toneladas de comentários no blog todos os dias. Os principais: os emos, Mallu Magalhães, Ira!, Raimundos, Rodolfo Rodox, Engenheiros do Hawai, Amy Winehouse, enfim, alguns “pé no saco”. No fundo eu me divirto e respeito o que esse povo fã pensa. Só não aturo ofensa pessoal, o resto tá beleza.

# meu deus, eles vão dominar Balneário Camboriú, SOCORRO!!! Acabo de ver na comunidade da banda Mister Up, aqui de Balneário Camboriú, que a banda de hard rock, que faz músicas próprias e shows eletrizantes, se converteu ao cristianismo (eles eram budistas antes?) e vão agora compor um novo disco para divulgar a palavra de Deus. Pelo que eu entendi a banda toda virou believer (crente). Nossa, fiquei de cara agora.

# mas é real gente, tem que cuidar. Aqui em Balneário Camboriú é terra de música eletrônica e gente jovem crente. Tem aos milhares. Igrejas evangélicas por todos os lados. Só na minha rua são três igrejas. Elas começam em portinholas de salas comerciais na rua e algumas acabam grandes. Todas tem música gospel e as maiores atraem muitos jovens com rock gospel. Uma verdadeira febre. E aqui são crentes moderninhos. Se tu ver na rua tu não reconhece mais. Acabou-se o tempo que crente se vestia de terno, gravata, cabelo curto e ficava com a bíblia debaixo do braço.

Drops de uma madrugada de terça…

novembro 4, 2008

# passada a ressaca do GP Brasil, o país amanheceu com um inimigo público nº 1: Timo Glock. O piloto alemão da Toyota foi o cara que deixou passar o Hamilton na última curva do GP Brasil no Domingo, o que deixou o Felipe Massa sem o canecão do ano. Nada me tira da cabeça que o pilotinho de merda tirou o pé pro inglês passar. Pô, mesmo com chuva, os especialistas em automobilismo garantem que o cara não faria 1min44seg para dar uma volta em Interlagos.

timomundo

Timo, tu já sabe onde enfiar esse dedo ao chegar na Alemanha!

# como dizia a propaganda, o brasileiro é apaixonado pelo automobilismo mesmo, leva tudo muito a sério, eu to só colaborando. Hoje eu tava vendo o CQC, na Band, os caras foram muito bons em sacanagem. Deram uma camisa do Vasco para o Lewis Hamilton. A mandinga quase deu certo, por um triz. Eu começo a começar a acreditar na força poderosa da camisa do Vasco para um vice-campeonato. No final da matéria os caras sugeriram que no próximo ano vão entregar também uma camisa do “curintia”, ai fechô a macumba.

# o Tschumistock se aproxima e a Lenne, da assessoria do festival, tá batalhando por uma sala de imprensa lá no Sítio do Tschumi, para Mundo47, Blog do Marquinhos, Orelhada e quem mais tiver afim, postar notícias direto de Rio do Sul, dos três dias de festival. O Tschumistock será meu Tim Festival, Planeta Terra, REM deste ano, mas com certeza vou me divertir pacas. Ainda mais em casa, rever amigos de infância, gurizada nova, novas bandas. Rio do Sul é uma cidade muito foda mesmo. Foda para chegar lá e foda para pegar um ônibus da Catarinense na rodoviária para ir embora.

# eu como bom riosulense não vou pernoitar no sítio, acho difícil, vou ser um incomodo bacana na casa do meu irmão. Assim ele poderá também saber das chalaças que aconteceram nas noites de wrock em RSL.

# conversando com o mestre dos mestres da malaquice do Sul do país, Ramiro Pissetti, veio uma boa idéia para sair da crise e do meu desemprego que se aproxima. Fazer um guia de puteiros de Balneário Camboriú. Sério, bem profissional, algo completão, com indicadores, avaliação dos serviços, cotação, publicidade de motéis, hotéis, sex-shop, prostis avulças, matérias comportamentais com prostis, estabelecimentos, enfim, putaria rende muita pauta. O problema é convencer a dona patroa que tu vai estar fazendo um serviço profissional…

# a madrugada no MSN também serve para ajudar as pessoas, mesmo de longe. A Juliana César, de Lages, tava desesperada que com as fortes chuvas que caem em SC, bichinhos estranhos invadiram sua casa. Um deles foi uma lesma, que se aventurava pelas paredes da sua casa. “Rafa!, tem uma lesma na minha casa!!”, grita ela. Bom, o que eu posso fazer há mais de 200 km de Lages para acudir minha amiga?

# pô, eu ainda fui prestativo. “Pega um papel liso e põe no caminho da bichana, ela subindo você pode jogar ela na privada”. O desespero aumentou do outro lado do MSN: “Ai Rafa, eu to com nojo, eca!. Ela tá grudada na parede, to passando mal”, disse a querida amiga. Bom, eu já não tinha idéias, disse para dar para o cachorro, a lesma pode ser muito nutritivo para o animalzinho. Ou se tiver mesmo desesperada, joga sal na bicinha que ela vai morrer sufocada e pode cair da parede, sei lá, não sou biólogo.

# minutos mais tarde: “Pronto, já mandei ela pro inferno das lesmas”. Eu questionei como ela tinha feito. A resposta: “Peguei um pauzinho de comida japonesa e fui puxando ela da parede. Ai ela caiu em cima de um papel (segui seu conselho) e mandei pro setor VIPrivado”. Que legal, ela deu jeito no problema que tinha, mas se tivesse um molhozinho shoyo poderia ter degustado a tadinha da lesma…

Drops de uma madrugada de segunda…

novembro 3, 2008

# é não deu pro Felipe Massa, mas foi muito legal ficar vendo uma corrida de F1 novamente com aquela sensação de que teríamos um piloto campeão. Putz e foi nos  últimos metros que o aquele alemão, o Glock, deixou o Hamilton passar. No final a Globo nem colocou direito o famigerado Tema da Vitória.

# ontem foi dia de Finados também. Lucro para os donos de floricultura. Não sei, mas acho mais em conta você cremar o corpo da pessoa. Ficar cultuando túmulo é coisa pra dark e fã do Helloween ( que o 90 adora).

# to realmente sem sono e sem vontado de postar algo de novidade wrock nessa madrugada. De dia quem sabe eu me animo um pouco, mas fiquem relax que tem novidade ai na praça.

# esses dias eu sentei no computador no intuito de escrever um livro. Eu tava meio decepcionado, 28 anos e eu nunca escrevi nada que tivesse mais de 20 páginas. O problema foi que não veio nenhuma idéia que prestasse para escrever alguma coisa, história, conto, crítica, enfim, alguma coisa. Parei na segunda linha.

# mas um dia essa história de livro sai. Depois fiz uma busca no meu PC e descobri que já fiz essa tentativa umas oito vezes. Daqui há pouco dá para lançar uma reunião de textos para um “quase livro”.

# na semana passada eu falei da minha frustração de não poder ver os shows fodões que rolarão neste fim de ano. Até por falar do show da Cindy Lauper teve leitor me achincalhando. Pô, eu já fui piá né cara e assisti os Goonies e a música tema era da Cindy, releva ai leitor.

# tanto que tá ai o clipe. Tá certo também que a interpretação da Cindy é horrível nesse clipe, mas a música marcou época. Eu lembro dessa época do filme dos Goonies que eu jogava Atari e tinha um Gênius do vizinho que a gente jogava até tarde. Tinha também Supertrunfo na casa do Rutzen. Era uma boa época, por isso que o povo é saudosista dos 80s.

# e não me pentelhem mais por causa da Cindy. Nessa mesma época lembro de muito coleguinha meu comprando disco da Xuxa, que apesar de gostosona, me irritava desde o início na Globo.

# tava lendo no Blog do Marquinhos, que o Wander Wildner vai tocar no Célula em novembro, mas que não vai rolar Os Pistoleiros abrindo, por motivo de agenda de um dos integrantes. Se a idéia é um possível encontro folk com o comanchero do Sul, porquê não colocar Verano para abrir? Eu ainda vou mais longe, já aproveitava para trazer os caras do Mundo Verde, lá da área 47.

# graças aos colegas jornalista Renê Müller e Dorva Rezende, do blog Tra-la-lá, eu passei o fim de semana todo ouvindo Elvis Costello. No posto do blog dos cara, Renê comemorava sua nova aquisição,  uma raríssima edição nacional do disco This Years Model, lançado em 1978 por Costello. De quebra o colega de blog colocou dois vídeos fantásticos, de músicas deste disco: Pump it Up e Chelsea. Fiquem então com Chelsea aqui no Mundo47.

Drops de uma madrugada de domingo…

novembro 2, 2008

# hoje de tarde, depois de muitos anos, vou ficar vidrado na televisão para ver a corrida da F1. A torcida é pelo piá lá, o Massa, que ontem foi bem no treino. O Rubinho já disse que não vai ajudar, se o Hamilton estiver na frente dele, porém eu sou mais as declarações do Nelson Piquet (o pai e malaco mor). “O Hamilton não passa da primeira curva”.

# a Fox decidiu parar com a produção daquela animação “O Rei do Pedaço”, que passa na TV a cabo e também passou nuns canais abertos aqui no Brasil, como o SBT. O Rei do pedaço era uma série legal até, mas a mídia brasileira não foi muito na deles como foi com Os Simpsons. A Fox ainda tem episódios sobrando do “Rei do Pedaço” e vão passar mais duas temporadas, mas a produção foi pro saco.

# o fim de semana foi com pouco róque por SC, mas semana que vem começa a temporada de novembro, cheio de coisas, fique atento no Mundo47 que a gente vai divulgando tudo.

# será que dá Obama ou McCain nas eleições americanas? Bom, só sei que o mundo está de olho nessas eleições. Até a RBS enviou dois repórteres para os EUA. Sinal que o negócio dá mais audiência que Copa do Mundo. Americano é meio parecido com eleitor paulista, que elege umas figuras bizarras. Eleitor paulista é aquele que elegeu várias vezes o Maluf, elegeu o Enéas com recorde de votos no país, elegeu o Frank Aguiar, o Agnaldo Timóteo, o Afanásio Jazadi e aquele capitão que ordenou o ataque no Carandiru. Já o eleitor americano elegeu o Ronald Reagan, o Nixon, o Arnold “Terminator” Schuwarzenegger, George Bush (o pai) e o George Bush (o filho) duas vezes.

# Obama inclusive virou celebridade pop. Até capa da Rolling Stone Americana o cara emplacou nessa eleição. Obama é também líder no apoio dos astros do pop americano. O pessoal do Black Eye Peas que reuniu uma turma de astros para um clipe em prol de Obama. Já McCain tem apoio de cantores do country americano e do Tobby Mcguire. É o Spiderman ensinando o velho McCain a subir paredes, pois nas pesquisas anda difícil.

# esse negócio de eleição americana me lembra o Johnny Ramone. O cara era republicano e ultra-direitista até debaixo d´agua. Já vi alguns vídeos do cara com discursozinho direita. O cara sempre apoiou os republicanos em vida. Figura que deixa saudades…

# hoje eu passei na frente do Rei Club aqui em Balneário. A placa dizia que era festa de Halloween. Ai tudo bem, é uma ex-casa de jogos que virou casa de show e que tava emplacando uma festa das bruxas para os tiozinhos que lá frenqüentam, normal. O problema foi ver na placa que a festa seria embalada por sertanejo universitário. Pô, halloween + sertanejo universitário + casa de jogos, isso é uma puta de uma salada heim?

# gravem bem esse nome: “Sertanejo Universitário”, essa será a grande porcaria que as casas vão oferecer para os fashions no verão aqui em Balneário Camboriú, conseqüentemente em todo país. E já tá virando febre essa desgraça. O lado bom é que os sertanejos resolveram estudar né, ir pra escola, alguns estão até freqüentando a universidade…

# Claudia Ohana é a capa da Playboy de novembro. Aos 45 anos, ela está nas páginas da revista pela terceira vez em 20 anos. Mas parece que essa revista vai dar zebra. Parece que Ibama vai multar a atriz pela devastação da sua Mata Atlântica…

# quinta-feira eu fui no Dia de Los Muertos lá no restaurante Baja Califórnia em BC. Legal, o pessoal da Célula Idéias levou um povo lá para o lugar. O que me chamou a atenção é que do nada apareceram alguns abutres desses programas coluna social eletrônico. Segundo consta a dona do restaurante não havia convidado nenhum programa bizarro, mas como tavam lá, fazêr o que, a praça é pública. O moço(a) que apresenta o programa chegou já perguntando onde era a ala vip do bar, mas ficou de cara ao saber que ali era tudo a mesma coisa. Putz e eu torcendo prum sujeito desses me fazer uma pergunta para eu fazer alguma “arte ou travessura”…

# Balneário Camboriú tem apenas dois lugares rock and roll. O JB Pub e o Open Bar. Só meu filho, o resto tá tudo dominado por pagode, eletrônico, emepebê de boteco e agora o famigerado sertanojo universitário… Mas não vou ficar reclamando muito, daqui há pouco fecha uma desses bares e eu vou ficar aqui lamentando ao quadrado.

# a partir da semana que vem o Mundo47 terá uma mudança significativa. Você só poderá acessar ele através do endereço oficial. Vou por o site num servidor fora do WordPress e com isso o endereço antigo, que ainda ficará no ar, terá uma mensagem apenas dizendo que a gente só poderá ser acessado no www.mundo47.com , vai por mim, fica mais fácil. Comprei o domínio para facilitar mesmo a vida do usuário. Lembro que era foda soletrar o tal do wordpress para alguns. É isso, vou durmir, amanhã tem corrida e de acordo com o tempo, vou atualizando mais.

Dia 21 vou tocar numa festa anos 80 no Open Bar, aqui em Balneário Camboriú. Será o aniversário da amiga Fernanda e além do djMccaweiss teremos também duas bandas no”cast” da noite. Então fique com Psychedelic Furs com “Ghost In You”

Dia das Bruxas

outubro 31, 2008

Hoje é o tradicional Helloween ou Dia das Bruxas, sei lá, é uma tradição irlandesa que os americanos espalharam pelo mundo. Mundo47 não é muito tradicionalista nesses lances de Helloween, mas acho que um clipe é ideal para este dia. Michael Jackson com o clássico clipe de Thriller. Depois tu fazendo uma análise da vida de Jacko, descobre que o homem deve ser fã desse negócio de Helloween, o cara comemora isso o ano inteiro, toda vez que se olha no espelho…

John Lennon: 68 anos

outubro 15, 2008

foto de kaly em 15/10/08

O Kaly,  vocalista da Stuart, passou um tempinho no Photoshop imaginando se o beatle John Lennon tivesse mesmo 68 anos.  Diz o Kaly. “Essa é minha sugestão de “John Lennon” se vivo hoje. Ficou meio parecido com o Gabeira, né?”.

O Kaly anda passando muito tempo lendo a bíblia do Photoshop, os livros do nosso colega Altair Hope…

Você pode ser um Lego

outubro 8, 2008

Do blog do Fernando Moreira de O Globo, uma loja de departamentos faz você com peças de lego e em tamanho natural. A Neiman Marcus, de Dallas, oferece o “brinquedo” pelo preço de 60 mil dólares. As esculturas são assinadas por Nathan Sawaya, artista de Nova York. Sawaya já estocou 1,5 milhão de peças em seu ateliê.

Ereções 2008: Biz e Kaiser saem na frente em Blumenau

setembro 11, 2008

Em Blumenau o candidato ao paço municipal nestas Ereções 2008 é o Léo Biz, famoso “produtor cultural” da cidade, professor de handebol e torcedor do Palmeirinha do XV de Novembro do Badenfurt. Léo é conhecido como Curruivo 47, uma espécie proveniente da família dos Mutleys de Florianópolis. Já Kaiser é músico e produtor das zorras da Barba Ruiva Produções. O partido dessa duplinha de dois é o PBR – Partido do Barba Ruiva.

Manifestação pede a permanência do RBD

agosto 25, 2008

Foto

Gurizada! fiquem feliz, é uma fase da vida, acabou, foi-se, virem punks agora.

Olha, não era nem para virar notícia em Mundo47 o anúncio do fim da banda mexicana RBD – uma espécie de Menudo com meninas e série de TV – que invadiu o país há algum tempo, principalmente pelos fãs adolescentes da banda. Mas a notícia mais bizarra deste fim do RBD é a passeata pró-RBD que aconteceu neste sábado em São Paulo (só poderia ser coisa de paulista mesmo).

O fim do grupo, como de vários grupos de boy bands, teen, enfim, essas músicas feitas para targets e não para as pessoas em geral, acontece todos os anos e acho que essa juventude brasileira, poderia se mobilizar assim para outras coisas, como por exemplo política e os vários poblemas existentes neste país. Para isso nínguem sai pra rua.

O grupo mexicano anunciou seu fim na última semana, deixando milhares de adolescentes decepcionados.

Acesse aqui a reportagem do G1 sobre este assunto

Queda Olímpica

agosto 22, 2008

Não falo muito sobre esportes aqui, mas nestes dias de Pequim 2008, eu como todo Brasileiro, fico acordado até mais tarde para ver o nosso pais participando dos jogos. Ou melhor, nosso país passeando pela Ásia.

Eu não sou um fã de esportes inveterado. Nos anos 90, quando jogava basquete em Rio do Sul, eu era mais vidrado no basquete da NBA, mas o tempo passou e a febre também. Tipo, bato minha bolinha, faço academia e quando rola, gosto de assistir ao Campeonato Brasileiro ou qualquer jogo de futebol importante, mas vamos se sinceros. Esta olimpiada está uma piada para o Brasil.

O mais legal mesmo é vasculhar milhares de sites, blogs, páginas de humor, onde o assunto fiasco olimpico tem rendido bastante.

O melhor que vi até agora é esse vídeo do blog “Altovolta“, que fez uma importante tradução em cima de cenas do filme “A Queda”, que retrata os últimos momentos de Hitler.

As noites andam quentes na Célula em Floripa

agosto 5, 2008

Cassiano Ferraz, Divulgação

Cassiano Ferraz, Divulgação

As noites andam muito quentes na Célula em Florianópolis.  O povo do róque de Floripa, que há um pouco mais de quatro anos perdeu seu ninho – o Underground Rock Bar – hoje estravasa a agitada e estressante vida da grande cidade na Célula.

E viva o rock!

Fotos: Cassiano Ferraz e Antonio Rossa

O Joker

julho 22, 2008

Entrando no clima do novo filme do Coringa, digo, do Batman…

Daniel Dantas não é Daniel Dantas

julho 17, 2008

Site Kibeloco descobriu cagada dos brasileiros do Diário do Sul, na Bahia

O ator Daniel Dantas está puto da vida. Tudo por conta de seu homônimo, o banqueiro Daniel Dantas, que está ganhando os noticiários nas últimas semanas. Daniel Dantas, o ator, está sendo vítima do pior erro possíveis das redações: buscar tudo que querem pelo Google. Traiçoeiro, o site de buscas mais usado nas redações malandras do mundo, buscou o “Daniel Dantas” mais famoso do pedaço, o ator global. Não que o Daniel Dantas (o banqueiro), não seja um cara famoso, mas o Daniel Dantas (o ator), aparece na Globo direto nas novelas melosas da rede carioca. Agora o ator, Daniel Dantas, está processando um jornal italiano (vejam bem, italiano) que cometeu a mesma gafe/erro e estampou em suas páginas a foto do ator brasileiro.

Mas uma coisa vamos admitir: de tanto interpretar empresários em novelas, Dantas, o ator só tá na beca nas fotos chupadas do Google, ai essa imprensa cabeçona cai direitinho.

Jim Morrison está vivo… de novo

julho 8, 2008

Será Jim Morrison o Inri Cristo?

O sempre antenado Ramiro Pissetti mandou essa nota que saiu no ClicRBS:

Todo mundo já deve ter escutado aquela velha lorota de que o Elvis não morreu e tal. Pois agora surge a história de que Jim Morrison pode estar vivo e morando em Seychelles, arquipélago do Oceano Índico.

Lembrando que Jim Morrison foi encontrado morto em 1971 no seu apartamento em Paris, após sofrer um ataque cardíaco em decorrência do abuso de drogas.

Mas quem levanta a história bizarra é o tecladista Ray Manzarek, seu velho companheiro no The Doors. O cara disse ao jornal inglês Daily Mail que sempre suspeitou da morte de Morrison. Segundo ele, o cara já tinha falado algumas vezes sobre a possibilidade de simular sua própria morte e fugir pra Seychelles.

Comentário do próprio Ramiro:

Tá certo, cara. Parece que o John Lennon, Jimi Hendrix e a Janis Joplin também estão por lá! O Elvis nem se fala, né? E eu que pensava que depois de velho o pessoal do Doors tinha parado com as drogas… 

Comentário do Weiss:

Me parece que esse povo tá louco para que alguém mucho louco, que já nos deixou, esteja realmente vivo. O certo é que quem pode estar vivo é o Coringa.

Heath Ledger, RIP

Será que ele morreu?

Resposta aos 47 que roubaram a guita do Amexa

junho 26, 2008

É, uma simples visita até a capital, terra dos 48, fez com os mesmos fizessem isso comigo, um 47 nato.

O estranho mundo dos 48

junho 25, 2008

Estive hoje em Florianópolis. Fui levar minha mãe num congresso na Alesc e como estou de férias, fui vadiar pela cidade e encontrar alguns 48 para entender um pouco mais desta espécie não tão rara. O primeiro exemplar foi Rodrigo Daca, proprietário da excelente loja Guitarland (olha o MKT!!!), depois de um longo papo sobre cena alternativa, da música própria indepedente, Daca e eu descobrimos que militamos na causa há mais de 10 anos! Sim, música própria em SC não é assunto de agora, não é novidade nenhuma, mas sim há muita gente há muito tempo que milita no rock próprio, assim como Daca, assim como as figuras que encontrei a seguir.

Numa rápida saída pela Rua Felipe Schmitt, eu e Daca ainda encontramos o sr. Domingos (ex-The Dolls e atual Pornô de Bolso), o segundo malaco do dia (acordado pela manhã), parou alguns minutos para um bate papo legal sobre a nova função de Daca e Os Faixa Preta, já que a banda pretende participar agora de novas edições do Na Pilha e do Patrola e pensar em tocar numas fextênhas ae. Domingos falou do seu Pornô de Bolso e já me intimidou, 48mente, para que Mundo47 faça alguma coisa para falar sobre o Pornô de Bolso. Ah! já de antemão Domingos me recomendou ignorar as gravações do Myspace da banda e me prometeu um CD.

Lá pelas tantas, eu havia combinado um dia antes de encontrar Guilherme Zimmer, o gordinho erótico da Beira-Mar. O rapaz estava pra lá de atrasado e marcou o encontro num lugar um tanto estranho. A centenária figueira na praça central da cidade (logo vi que alguns 48 são chegado num caule). Chegando lá, além de Zimmer e sua simpática esposa (e que nada tem de 48), Babi me esperavam junto de malacos mor como Lucão (ex-Cochabambas e 47 por adoção e obrigação), Radji (as melhores camisetas do sul) e Alexandre Amexa, o Ney Matogrosso com voz de trovão. A idéia do dia era acompanhar os 48 e tentar decifrar um pouco mais sobre sua história e seus costumes. Mais a frente encontramos Eduardo Xuxu (ex-Pipodélica e atual Faixa-Preta), para completar o dia.

Em terras 48, a primeira  boa notícia do dia. Zimmer e Amexa foram até a Fundação de Cultura de Florianópolis com a boa notícia: poderiam iniciar a captação de cash para a primeira edição do Floripa Noise Festival. Com um pouco a mais de cash na organização do evento, o FNF poderá ter uma edição de estréia mais encorpada e com nova data. De setembro, segundo Eduardo Xuxu, o FNF poderá ser mais pro final do ano.

Depois de um sugestivo almoço carnívoro e uma chegada ao café mais próximo, Amexa deixou o grupo com aquele sentimento de “vou ter que trabalhar porra”, sendo que as chalaças finais e bobagens adjascentes continuariam sem ele, ou melhor, falando dele pra variar e suas pérolas, mesmo assim, seguimos nos separando até o TAC. Primeiro a Baby e depois Xuxu (que disse que ia trabalhar, mas foi vadiar lá na loja do Daca que eu sei!). Em frente do TAC – Teatro Álvaro de Carvalho – encontramos o cineasta 51, o Piti (assim mesmo que escreve?). A idéia era filmar eu, um 47 admirando a boa vida dos 48 e suas belezas histórico-naturais. Iniciamos com filmagens na praça da figueira. Num estilo meio Ringo Starr em A Hard Days Night, eu dei uns rolê pela praça, cumprimentei transeuntes e bêbados de rua e como um meliante de rua, pixei um daqueles ferros que segura um dos inúmeros tentáculos da Figueira. Mundo47 deixou sua marca sob os olhares de Zimmer e Piti, que filmaram tudo direitinho. Em seguida mais tomadas pela Felipe Schmitt, com roteiro feito na hora e com as idéias mais estapafúrdias do dia.

Ao atravessar para o calçadão, uma rápida parada para comprar uma pipoca 48, afim de entrar para o filme. O papo com o pipoqueiro ficou como no cinema mudo, acho que ele achou que eu era gringo, porém como ele achou que eu era gringo, o fiadaputa me deu pipoca doce fria. Bem, tudo por uma boa cena. ao filmar mais adiante, nosso set de rua deu uma pausa para admirar e cumprimentar a dupla de irmãos mais metalêra de Florianópolis: Andrei e Alexei Leão, da Stormental que realizam show no TAC no próximo sábado, 28. Ambos estava andando rapidamente para se livrarem daquela merda do ECAD, afinal, vão tocar suas próprias músicas no show de sábado. Eu que não via Xei pessoalmente há tempos, demorei para reconhecer aquele ser totalmente esquelético, careca e “monocelhíco”, quase um Ênio de Vila Sésamo, porém com um talento insuportável e também com a alcunha de George Martin da Ilha. O papo foi rápido, mas produtivo, ao encontrar duas figuras 48 que fazem rock como poucos.

Como essa tática de roteirizar um curta do nada é meio furada, precisávamos de um final ou um sentido para aquilo tudo. Zimmer,sempre prestativo e provando que nem todas cirurgias de redução de estômago dão certo, sugeriu um finale digestivo no Bobs, saboreando aquele horrendo milk shake de ovo maltine. Todo mundo pediu um, eu, Zimmer, Lucão, Radji (menos o Piti, que foi mais esperto). Na metade do negócio, vendo todo mundo se esforçando pra tomar aquele troço, eu já estava com vontade de vomitar, enquanto isso Piti registrava a coisa toda na tentativa de dar um sentido todo naquela filmagem maluca do início da tarde em Floripa. Ao sairmos do Bobs, topamos logo com Eduardo Xuxu, ao telefone no maior estilo menager, tratando de assuntos com a imprensa, o frei Rubens Herbst, de A Notícia, solicitando informações sobre o Floripa Noise. Enquanto a raça se deliciava agora com esfirras, era hora de dizer tchau e terminar o filminho com aquele aceno e caminhada a lá Incrível Hulk, quando David Banner caminha solitário com aquela música do pianinho (será que tem essa música no filme novo?).

Para finalizar este post imenso, digo que essa história de rivalidade entre 47 e 48 é pura bobagem, mas que tá se tornando mesmo algo sério por parte de alguns. Eu e Xuxu, que iniciamos essa história toda há trocentos anos atrás, hoje pelo menos conseguimos dar boas risadas sobre a tal rivalidade, mas eu digo uma coisa galera…

O róque mesmo é que tá ganhando com isso tudo!

Wrock!

 

PS1: Além de estilista de camiseta descolada, Radji também é conhecedor sobre coxinha de galinha. Qualquer dúvida pergunte para ele, o homem domina o assunto

PS2: Alguém aqui já viu o Zimmer vestido de gente normal? (sem aquela bermuda de jogador de basquete e camisetas floridas)

PS3: Eu e Xuxu somos funcionários públicos (eu to de férias) e nossos chefes inclusive… deixa pra lá..

PS4: Sim, eu pixei um poste que segura a figueira centenária com o número 47

PS5: Confere lá na loja do Daca: tem uma Fender e uma Gibson, lindas, preços ótimos (olha o MKT)

PS6: Se o Marcelo Mendes ler este post, que ele saiba que eu roubei um CD dele na loja do Daca, por um boa causa, claro.

Como gerenciar uma crise???

maio 12, 2008

Hoje num papo com a minha doce e risonha colega de profissão, Natália Uriarte, ela me disse que gostaria de fazer um curso de Gerenciamento de Crises (isso na área de comunicação). Como to hoje numa viagem cafeínica na minha mente, o meu “Fantástico Mundo de Bobby” interno começou a imaginar como seria um curso de “Gerenciamento de Crises”.

Bom, eu já imaginei o professor na sala de aula, expondo uma possível crise que o assessor de imprensa teria que administrar.

Vamos pensar localmente: Imaginem uma tragédia política, um grande político influênte do estado foi pego com cinco travestir num motel, prontos para jogar uma partida de volei, onde o traveco com a piroca maior, já estaria com a mão na bola para dar o saque.

Enfim, um puta escândalo e “záz-trás”, o superultraassessor de imprensa teria a difícil missão de acalmar os ânimos.

Mas o que ele faria:

Vamos aos tópicos:

a) ele entraria na sala gritando com os braços para cima: “CALMA GENTE, CALMA GENTE, VAI DAR TUDO CERTO, NÃO TEMOS QUE SE PROCUPAR COM NADA”;

b) ele entraria calmo e diria: “péra ae gente, vamos nos acalmar, inclusive eu tenho um baseadinho aqui para darmos uns tapinhas”;

c) inventava uma história que o político tinha um irmão gêmeo que morava no sertão de Pernambuco e estava de férias na cidade e foi ajudar as moças(os) com o difícil jogo de vôlei travecão;

d) faria o assessorado dar uma entrevista para o Mário Motta na RBS com o Costão do Santinho ao fundo;

e) contrataria algum assessor do Bill Clinton;

f) desmoralizava os travecos no César Souza;

Enfim, gerenciar uma crise na comunicação é mó responsa e requer criatividade e habilidade do assessor, por mais imbecil que seja seu assessorado.

Fim de semana Rock and roll

abril 7, 2008

Ufa!

Que fim de semana. Totalmente rock and roll. Iniciado na sexta, no Donna D, para ver o Matanza e terminei ontem no show da Bárbara Damásio, em Itajaí. Mas vamos falar da sexta. O show do Matanza é aquele esporro mesmo. Não tem jeito. Fiquei com dó de ver o Kaiser e o Biz ultrapreocupados com o avanço da torcida. Mr. Jimmy não quis nem saber e foi um petardo atrás do outro. O público em si era formado pelo pessoal da camisa preta. Fui a caráter para não ser identificado com o objeto estranho no ninho. Antes, eu e o Fábio Couto demos um rolê na frente do Donna D para distribuir material do Mundo47 Festival. Foi muito bom. Distribuímos um maço de 500 flyers e na saída do show do Matanza, lá pelas 3h, vimos poucos flyers jogados no chão, sinal que o povo gostou.

No sábado eu conferi uma night com a patroa no JB Pub. A banda mineira vitrolas estava tocando nesta noite e mesclaram seu pop rock (bem rock na verdade) com clássicos do rock, afinal, sabadão no JB Pub é dia de bandas que tocam clássicos, não tem jeito, o povo pede e o povo ganha. E ganhou uma boa banda executando muito bem as músicas. O produtor da banda veio falar comigo e me deu discos e DVDs dos caras para distribuir para colegas do jornalismo. O produtor da banda é a cara do Jack Black, do filme Escola do Rock, o cara é igualzinho.

E no domingo o dia foi de Chico Buarque na voz de Barbará Damásio no Teatro Municipal de Itajaí. Minha amiga Natália Uriarte que tava produzindo e seu marido, Evandro Hasse, tava nos metais e barulhinhos no palco. Barbará canta muito bem e estava acompanhado de ume excelente naipe de músicos. Além de Evandro, Oliver Desidério no piano, Duda Cordeiro no contrabaixo (excelente!) e Goe na bateria. Participaram do show a cantora Giana Servi e Chico Preto. Três dias musicais e tem mais ainda esta semana no JB Jazz, no JB Pub – uma promoção do Mundo47 e do JB Pub de Balneário Camboriú, não tem como perder!

 

 

Vamos falar sobre merda…

abril 4, 2008

 coco.jpg

Cientistas super ocupados do estado americano do Oregon, descobriram um par de “cocô” com mais de 14 mil anos. O escremento estava no fundo de uma caverna e prova a existência de gente naquele lugar já nesta época. Os cientistas irão agora publicar um artigo na conceituada revista Science. Segundo eles, a bostinha encontrada tem a consistência de biscoito (eca!) e a pergunta fica no ar: será que existia bolacha Bono na idade da pedra lascada?

O G1 de hoje, na Globo.com mostra bem a história completa desse papo nada cheiroso…

Cuma? Keith Richards não se lembra de nada

abril 1, 2008

 keithrichards.jpg

Eterno Rolling Stone, o guitarrista Keith Richards declarou que não está se lembrando de muita coisa para a sua biografia, que está sendo escrita na Inglaterra. O motivo de tanto esquecimento, segundo o músico, seria o alto consumo de maconha. “Não consigo nem me lembrar o que aconteceu ontem”, disse o músico para a AP.

Grande  malaco mor, Richards também aproveitou para esculachar a lei britânica que proíbe o fumo em bares, pubs e boates. “É um atraso, porque você tem que congelar suas bolas para acender um cigarro, precisa ir lá fora”, disse o autor do riff de Satisfaction.

Eu imagino agora se Bob Marley estivesse vivo. O homem seria então um zumbi.

South Park para ser visto na web

março 27, 2008

southpark.gif 

Cansados de fazer download do próprio material na web, os produtores do desenho animado mais ordinário da televisão, o South Park, colocaram episódios das 12 temporadas da séria na web, todos para serem vistos via streaming. Segundo a Folha, não será permitido fazer download. Além dos episódios, os produtores colocaram no site outros materiais, como bastidores do programa.

Trey Parker e Matt Stone, criadores da série, que no Brasil ficou conhecida pela MTV e atualmente passa na VH1, produziram cerca de 168 episódios do desenho que virou coqueluche nos anos 90.  Novas edições serão postadas no portal, assim que elas forem exibidas na TV e vão ficar acessíveis por uma semana. 

Acesse: http://www.southparkstudios.com/

Mundo47 fechado para balanço

março 22, 2008

elvisargh.jpg 

Elvis andou comendo Tapióca na Rua Augusta e não gostou

O Rafael Weiss mandou avisar que ele tá aproveitando o feriadão. Quem está teclando aqui é o Elvis, yeah baby, voltei para Terra para dar uma olhada aqui no Mundo47 e ver como é supimpa o negócio.

Mas voltando ao Rafael, bom, ele tá aproveitando o feriado para descansar, mesmo sabendo que o róque tá comendo solto por ai. Não é qualquer feriado que ele vai poder dar uma descansada, tá sabendo.

Mas a partir de domingo a noite o Mundo47 volta com tudo e com as matérias supimpas do róque. Tem resenhas de discos, shows, notinhas, toscotube, yeah baby, e também as últimas informações sobre o show do Autoramas em Balneário Camboriú, Mundo47 Festival. Vou ver se deixam eu sair do meu planeta para esta apresentação, yeah baby.

Então tá, fique à vontade aqui no Mundo47 que eu, Elvis, vou tentar ver umas menininhas ai e tomar umas anfetaminas, baby, antes de voltar pro meu planeta. Yeah baby.

Mundo47 fotolog e orkut

março 18, 2008

Entrando devidamente no mundo nerd de ser, o Mundo47 divulga seus endereços da comunidade no Orkut e seu fotolog oficial. São instrumentos para o público alvo do site que preza por ser um portal de internet e como toda banda, todo artista, temos agora orkut e fotolog.

Adicione nossos endereços de nerdismo:

fotolog.gif 

Fotolog: www.fotolog.com/mundo47

orkut_logo.gif

Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=72281

Você sabe quem é Ashley Alexandra Dupré?

março 13, 2008

ashley.jpg 

A moça da foto acima é primeiramente pivô de mais um escândalo político-mulherengo dos americanos. Depois do boato que JFK era assim, assim com Marylin Monroe e que Bill Clinton encontrou uma outra função para os charutos, o governador do Estado americano de Nova Iorque foi pego com as calças na mão pelos federais americanos. O nome de Eliot Spitzer apareceu nesta semana num escândalo de uma rede de prostituição. O governador foi pego em conversas telefônicas negociando uma noite com Ashley Dupré, a moça acima. Cobrando cerca de 1 mil dólares a hora, Ashley fez todo o serviço no governador em 4 horas e levou 4300 doletas.

Depois de descoberto o escândalo, a opinião pública e política fez com que Eliot pedisse o bonéu e vazasse com o rabinho entre as pernas e com pedido de perdão para seus eleitores. Realmente o que se ferrou nessa história. Já Ashley…  Bem, a moça diz que tá amoadinha com toda essa história, mas ela que vai lucrar ainda mais com isso. Primeiro que ela é uma gata. Difícil ver americanas tão lindas como ela. Com certeza um ensaio nu na Playboy americana vai rolar. Segundo é que Ashley é cantora de R&B e Soul e tem um perfil de Myspace com sua música, única lá postada e segundo consta, cantada por ela. Nesses dias de escândalo, o perfil foi visitado inúmeras vezes e mais de 750 mil pessoas entraram e baixaram a faixa gravada toscamente por Ascley, ou seja, não fique impressionado se a moça aparecer com um disquinho de pop na praça. Um PUTA negócio!

Conheça o perfil: http://www.myspace.com/ninavenetta

Ele não morreu!!!!

março 12, 2008

silvio.jpg 

Ha hai!!! Ele não morreuuuu!!! Ha hai!!! Só poderia ser piada a morte do sr. Rogério Skylab. Mais uma vez, o mestre Marcos Espíndola desvenda toda a “polêmica” envolvendo a suposta morte do baluarte da tosquice carioca. Segundo Marquinhos, em conversa com o produtor Lee Martinez, Skylab estará fazendo uma turnê pelo Sul, com possibilidades de tocar em cidades menores, do interior. Enquanto isso o Silvio Santos vai preparando a próxima pegadinha…

Rogério Skylab está morto: viral ou é real mesmo?

março 12, 2008

 skylab.jpg

Sempre antenado, São Marcos Espíndola divulgou notícia que viu no site Godard City e também no Trabalho Sujo. Rogérgio Skylab pereceu deste mundo? Virou lenda? Morreu mesmo ou é mais um jogo viral de mkt para divulgar o próximo álbum. O fato é que somente o blog Godard City divulgou a tal morte que ocorreu no último fim de semana no Rio de Janeiro. Diz a lenda que Rogério padeceu na Rua do Ouvidor de ataque cardíaco, quase em frente à Confeitaria Colombo. Bom, o fato teria ocorrido no domingo, mas até hoje, terça-feira, não vi nenhuma notícia em site algum, muito menos no Globo.com ou qualquer outro site de róque. Como eu sou o terceiro a multiplicar essa história, acho melhor que você leitor, verifique mesmo nos links desta nota, porém eu acho essa história ainda meio maluca. Confira!

Sem internet e sem post

março 3, 2008

To sem internet em casa, por isso o descanso de dois dias no Mundo47, sem róque, mas nesta segunda tudo volta ao normal. O bom de estar sem net, é que pude ouvir com calma os CDs que recebi recentemente, como dazs bandas Cumings e Sub Versos de Brusque, o material do Da Caverna, que o Lelé jogou na mão e eu ainda não tive tempo suficiente e outras bandas que também me enviaram material e eu ainda não fiz uma linha (Éric, já ouvi o de vocês também). Hoje to postando aqui do notebook da minh garota, mas amanhã tudo volta ao normal.

Viva o rock!

Bob Dylan e a Revista Caras

fevereiro 19, 2008

amaury.jpg 

O que Amaury Jr. perguntaria para Bob Dylan?

Na casa dos meus pais, folheando a Revista Caras da semana (ler ela não precisa), me deparo com um baita anúncio de duas páginas da própria Revista Caras com uma foto do Bob Dylan. Bom, ali senti que havia necessidade de uma leitura e “lendo”, descubro que a vinda de Bob Dylan para o Brasil, tem o dedo da editora que faz a Revista Cara no Brasil, a revista das celebridades.

A vinda do artista para o Brasil, faz parte de um pool de empresas que patrocinam as apresentações. A Mastercard, já dita aqui neste espaço, é uma das patrocinadoras e revendedora oficial dos tickets, principalmente para seus clientes. Outro sponsor é a revista Caras. O show de Dylan faz parte das comemorações dos 15 anos da revista no Brasil.

A fina sociedade brasileira e celebridades em geral, terão a oportunidade de estar em ambos os locais, São Paulo e Rio, para assistir ao show do mito do folk. Eu até já vejo, nas próximas edições, a cobertura fotográfica da revista dos famosos com cliques das pessoas na frente de murais gigantes com as logos da Caras e do Mastercard, sorrindo e mostrando suas roupas da última moda, algumas celebridades interessantes, outras nem tanto, mas o fato é que Dylan não vem para o Brasil para cantar para o público em geral. Os preços dos ingressos já mostram isso, Dylan vem para fazer a alegria da Revista Caras, da Mastercar, de todos os seus colaboradores, do movimento Cansei, do João Dória Jr, do Amaury Jr, enfim, fãs de verdade, na sua grande maioria, ficarão de fora.

Lendo periódicos da Argentina, vejo que o show naquele país será para pessoas comuns. Começando pelos tickets. Shows em estádios com capacidade de 70 mil pessoas, enfim, uma grande festa. Coisa muito corriqueira no país vizinho. Olha, há muito tempo eu deixei meu sentimento de brasileiro idiota que não gosta de argentino, vendo sob um ângulo mais aprofundado e deixando o futebol de lado, pois o ódio brazuca pelos argentinos é fomentado pelo futebol, acho que os promotores de eventos de lá, tem muito o que nos ensinar.

Viva Maradona, mierda!

Nude, nude, nude, música e mulher pelada

fevereiro 5, 2008

 nude.jpg

Nosso agora Correspondente 54, Ramiro Pissetti, sem muito o que fazer, passou uma boa dica. 1500 capas de disco com motivos de nudez. Tem de tudo, disco de putaria, disco de sacanagem, disco sério, coletânea, tem até uns caras no meio, mas a grande maioria é de mulé.

Conheça:

http://rateyourmusic.com/lists/list_view?list_id=6482&show=150&start=0