Posts Tagged ‘virtual’

Raul! disponibiliza primeiro EP neste sábado na web

outubro 31, 2008

 

E neste sábado, 1º de novembro, a turma da banda Raul!, de Itajaí, coloca na web o seu primeiro EP na íntegra. Fique atento nos endereços do cartaz e baixe o EP da Raul!

Anúncios

Raridades rock e Phonopop no SenhorF Virtual

julho 7, 2008

É de graça, portanto aproveite os presentões que o SenhorF Virtual está dando esta semana. O primeiro lançamento é o Volume I da coletânea The Original Brazilian Pebbles, que reúne raridades das bandas garageiras do Brasil entre 1965 e 1969.

 

O segundo, é mais um single da Phonopop, banda brasiliense que na virada do milênio de uma importante contribuição musical para o movimento das bandas independentes. Liderados por Fernando Brasil, o Phonopop faz uma música melhor que a outra. Confira em SenhorF Virtual as músicas “Puro Veludo” e “Náugrago”. Eita nóis! Boa segunda para todos!

O fim dos Jeans

abril 28, 2008

Marco e Dani (Centro) – Jeans em Porto Alegre com sua última formação

Nesta sexta-feira eu tive a oportunidade de bater um lero com Dani Téo, guitarrista e vocalista da banda Tratores, que se apresentou no JB Pub de Balneário Camboriú naquele dia. Para quem não sabe, Dani era membro da banda Jeans, de Santa Catarina que encerrou suas atividades depois de uma aventura sem sucesso em Porto Alegre. Junto com seu fiel companheiro, o baixista Marco Britto e o baterista Celso Tozzo, os Jeans fizeram um relativo sucesso na cena independente catarinense lá por meados de 2004. Foi uma época bacana. Canções inspiradas em Beatles e Jovem Guarda, quase inocentes.

Bastou um tempo em SC para a banda tentar algo numa centro maior e este lugar escolhido foi a capital gaúcha, Porto Alegre recebeu os meninos catarinas que tentavam algo no róque. Vejam bem, o Rio Grande do Sul tem um rótulo chamado Rock Gaúcho. Esse rótulo não é bem uma espécie de caminho do sucesso, mas é algo que se tornou qualidade quando se trata de rock no Brasil. A grande maioria das bandas gaúchas apresentam esse rótulo e se fazem em cima deles, não significam que todas são boas, mas serve para lotar algum bar rock em São Paulo ou Rio. Os Jeans foram seguir essa fórmula. Chegando no RS, eles também deram uma guinada na carreira musical. O lado bobinho do yeah, yeah, yeah e as frases prontas do pop foram deixadas de lado. Com a ida de Marco para uma segunda guitarra, o trio virou quarteto com a adição de um novo integrante no baixo. O som mudou muito e agregados as estas influências do Beatles e os 60´s, o Jeans fez algo moderno e perfeito, ou quase, pois a história foi mudando ao longo do tempo.

Segundo Téo, a banda não teve seu fim por divergências entre integrantes ou brigas internas por diversos motivos, mas sim a falta de grana e as drogas foram depenando a auto-estima e a vontade dos integrantes. O primeiro a abandonar o barco foi Celso Tozzo. Quase um papai, Tozzo deixou os companheiros e foi em busca de algo mais sólido. Novo integrante na banda, mas o núcleo base, Dani e Britto continuavam tentando. As faixas gravadas que estão no Trama Virtual, mostram claramente o virtuosismo melódico imposto na nova proposta da banda. Excelente é apelido, mesmo com uma gravação comprometida, não com a qualidade ideal, o Jeans conseguiu impor para seu som, um diferencial, aquilo que faltava nas bandas de POA.

Numa coisa Dani concordou em nosso papo. Estar em Porto Alegre sem ter um diferencial, é a mesma coisa de não estar. “Muitas bandas em Porto Alegre são iguais umas as outras”, disse. Ao longo do papo, regado a uma cerva, Dani revelou que talvez a ida para POA teria sido um erro, mas não deixou de exaltar que o som que a Jeans provocou na sua passagem pelos gaúchos, foi fundamental. Mas sua desordem mental o fez não ter nem para si, as faixas gravadas em Porto Alegre. Ainda sobre o fim da banda, lá pelas tantas, Marco Britto estava sem um puto no bolso. Os integrantes fizeram de tudo para mantê-lo na capital gaúcha, até festa “Marco AID” foi feita para juntar uns trocados e manter o homem por lá, mas não deu muito certo. Hoje Marco está em Floripa, trampando em emprego de jornalista normal, mas segundo papo que tive com ele no MSN, ele está montando um novo trabalho em Floripa, mais centrado no Folk.

Já Dani lamenta mesmo o fim da banda. Afirma que  numa cidade como POA, a pessoa tem acesso a muita porcaria e tanto que agora com os Tratores, ele vem mantendo uma agenda pesada de shows. No último fim de semana, a banda tocou em três lugares em SC. Com a Tratores o repertório é para bar. Tocam vários clássicos do rock 60´s, mas impõem também um som mais moderno no repertório, das influências dos tempos atuais, porém com a Tratores o trabalho autoral ainda não deslanchou. Dani revela também que está produzindo um material para o lançamento de um disco solo, ainda este ano.

Escute o trabalho dos Jeans no Trama Virtual

Stuart lança single exclusivamente no Mundo47

março 15, 2008

 2222.jpg

Como prometido dias atrás, o pessoal da banda Stuart de Blumenau lança exclusivamente em Mundo47 seu single “Canção Para Valorizar o Silêncio” que foi gravada para o próximo disco da banda que terá em breve o seu lançamento. O disco foi gravado em sessões em São Paulo e Blumenau e traz Rafael Magola na bateria, Cristiano na guitarra, Kaly nos vocais e guitarra e Giancarlo no baixo.

Baixe: Stuart – Canção Para Valorizar o Silêncio