Posts Tagged ‘porto alegre’

Grandes Encontros: Tony da Gatorra e Marcelo Birck

outubro 4, 2008

Marcelo Birck acaba de lançar novo disco, que já está na mão para Mundo47, mas enquanto isso dê um confere no encontro de gaúchos, Birck e o lendário Tony da Gatorra. Bom, se tu não sabe nada sobre o Tony da Gatorra, melhor visualizar este vídeo gravado no mês passado na terra deste cidadão honorário lá de Esteio.

O vídeo foi retirado daqui

Anúncios

R.E.M em Porto Alegre: mais em conta que SP

setembro 29, 2008

Para moradores do Sul, o show do R.E.M em Porto Alegre será muito mais em conta. Com os preços estratosféricos do Via Funchal, a raça poderá adquirir tickes para o show do R.E.M na capital gaúcha a preços que variam de R$ 80 a R$ 300. O show dos americanos em POA foi confirmado pela Opinião Produtora e acontecerá no dia 6 de novembro no Estádio do São José, Zona Norte de Porto Alegre. Locais de venda e maiores informações serão divulgados nesta semana.

 

 

O rock pulsante e melódico dos Valentinos

setembro 25, 2008

De vez em quando a cidade de Porto Alegre produz uma leva de bandas. Algumas tem sobrevida, outras morrem com o tempo. Já não é de hoje que escuto que POA não é mais como antigamente, mas nem sempre podemos subestimar um estado e uma cidade que volta e meia nos manda boas bandas. Valentinos é uma que surgiu neste ano e no primeiro trabalho disponível na web, esses caras mostram um rock and roll potente e pegajoso. 

A banda foi formada pelos amigos, que em comum cultivam o gosto pelo melhor do rock and roll. Foppa na guitarra e backing vocal, Jonts nos vocais e guitarra base, Penha no baixo e Wodarski juntaram suas influências como Supergrass, Oasis, Clash, The Jams e outras boas referências, em músicas próprias em português, um bom rock com boas melodias e muita sinceridade.  Por estes e outros motivos os Valentinos são uma das grandes promessas do rock gaúcho, atingindo uma respeitosa posição entre outras bandas e o público em geral. 

Segundo a banda, a prioridade agora é dar um gás para gravação de novos trabalhos e buscar novas terras para difundir o som produzido por eles. Santa Catarina não está descartada. “Gostaríamos muito de tocar por ai, só entrar em contato para gente fechar alguma parceria”, revela um dos integrantes por e-mail. 

 

CONHEÇA VALENTINOS:

http://www.myspace.com/valentinosvalentinos

Deu pra bola: NIN cancela apresentações no Brasil

setembro 17, 2008

Trent emo

Fogo de palha. O Nine Inch Nails cancelou suas apresentações no Brasil em definitivo. Primeiro foi Porto Alegre, agora os shows no Via Funchal que foram pro saco. O NIN viria para o país em outubro, mas por motivos “técnicos” a banda de Trent Reznor cancelou as apresentações.

Se você comprou ingressos e não sabe porra nenhuma de como receber a grana de volta, clique aqui

NIN – Nine Inch Nails cancela show em Porto Alegre

setembro 12, 2008

Caiu como uma bomba na última quinta-feira chuvosa no Sul do Brasil, a notícia que a banda americana Nine Inch Nails ou NIN, não tocará na capital gaúcha neste ano. O show seria realizado no Pepsi Stage no dia 09 de outubro.

A Opinião Produtora informa que o show da banda Nine Inch Nails no dia 09 de outubro foi cancelado, infelizmente. Gostaríamos de pedir desculpas à imprensa, aos fãs e a todos que adquiriram ingressos para a apresentação. Sabemos que a decisão é desagradável a todos (especialmente a nós mesmos), mas não seria prudente arcarmos com o imenso prejuízo caso levássemos adiante a produção do espetáculo, já que o número de ingressos vendidos foi muito aquém de nossas expectativas.

Com isso, o valor dos ingressos vendidos será devolvido no mesmo ponto de venda onde foi efetuada a compra a partir da segunda-feira, dia 15, mediante a apresentação do tíquete. Clientes que compraram pela internet serão contatados até a próxima quinta-feira, para combinarmos a devolução via depósito bancário.

R.E.M no Brasil: confirmadas as datas e locais

setembro 5, 2008

Confirmei agora há pouco no blog Orelhada, do jornalista Rubens Herbst de Joinville, as datas e a confirmação da vinda do R.E.M ao Brasil, no mês de novembro. Uma das melhores bandas do mundo (opinião minha e de mais gente), tocará em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. Serão quatro shows, sendo que dois acontecerão na capital paulista. Como disse o Rubão, prepare o porquinho, economize um pouco e vamos rezar para que o ingresso saia com preços justos. 

 

Porto Alegre

6 de novembro (quinta)

Estádio do São José

 

Rio de Janeiro

8 de novembro (sábado)

HSBC Arena, Av. Embaixador Abelardo Bueno, s/nº, B. da Tijuca, tel. 3035-5200

 

São Paulo

10 e 11 de novembro (segunda e terça)

Via Funchal, R. Funchal, 65, V. Olímpia, tel. (11) 3188-4148 (Call Center)

Lenzi Brothers é uma das classificadas no Gas Sound

setembro 3, 2008

 

Hoje a tarde os Lenzi Brothers foram “notificados” de que são uma das bandas selecionadas no Concurso Gas Sound – Guaraná Antarctica, na etapa Porto Alegre. Já na próxima segunda-feira os irmãos Lenzi deverão estar na capital gaúcha para passagens de som e filmagens de making offs, na terça será a gravação. O programa Gas Sound já começou e está sendo exibido todo domingo as 20:00hs em rede nacional pela Rede TV. Sobre o dia de exibição desta etapa , os Lenzi ainda não sabem ao certo. Porto Alegre traz recentes boas lembranças à banda, pois foi lá o show/prêmio do programa “Cachorro Grande em Busca da fama” da MTV onde os ‘brothers foram os vencedores, escolhidos entre 17 bandas da região sul no mês de julho.
 
http://www.gassound.com.br
 
http://www.myspace.com/lenzibrothers

Lenzi Brothers falam sobre show em Porto Alegre

agosto 5, 2008

Não mais exclusivo, mas nem por isso menos importante, Mundo47 traz o relato de  Marzio Lenzi, guitarra e brother mais velho dos Lenzi Brothers, nos conta a loucura que foi a escolha da Cachorro Grande para o show finaleira do programa gravado pela MTV com as bandas do Sul do país no final do mês de julho. Conta ae Marzio!

Gaúchada observa irmãos Lenzi no palco do Abbey Road

 

Show: “Cachorro Grande em Busca da Fama” – Programa MTV. 31 julho

Opa! Então, depois de um fim de semana de 2600km rodados e um breve descanso na segunda feira, vou tentar contar como foi nossa viagem para o show do programa “Cachorro Grande em busca da fama” da MTV em Porto Alegre no último dia 31 (quinta). Nós recebemos a notícia de que fomos os vencedores na quarta no fim da tarde e já nos avisaram que o show seria no dia seguinte. Eu estava em Lages e foi uma baita correria, neste mesmo dia a noite ainda gravei o Estudio Santa Catarina da RBS no estúdio de inverno de Lages.

A MTV nos ofereceu a ida de avião, mas como tínhamos um show em Joinville na sexta e problemas com vôos lotados, escala em São Paulo e tals, resolvemos ir de carro pra garantir. No fim das contas nos arrependemos, pois  foi cansativo e aquele trecho sul de SC da 101 tá um verdadeiro inferno em obras, uma bosta, era melhor ter  arriscado o avião. Sai de Lages bem cedo e encontrei com os guris em Florianópolis para seguirmos viagem. No meio do trajeto recebemos telefonemas de jornais pedindo entrevista sobre a “escolha” e uma foto nova. Aí é que estava o problema, não tínhamos fotos recentes. Paramos na estrada, tiramos a foto com o nosso companheiro de viagem “Tio Fê” Carnevalli e seguimos até Tubarão pra achar uma Lan House. Lá,  enviamos as fotos, aproveitamos pra almoçar e seguimos viagem.

Depois de muito chão rodado  chegamos em Porto Alegre lá pelas 7 da noite. O trânsito era aquilo que se esperava, um caos. Chegando no Hotel com a ajuda de um moto taxi, já encontramos o Pedro Pelotas, tecladista da “Cachorro” na portaria. Muito gente boa o cara (assim como todos os outros), nos parabenizou, trocamos uma idéia e subimos pro quarto. Mal nos acomodamos e já ligaram da portaria dizendo que o motorista da Mtv estava nos esperando pra irmos pro bar passar o som. Chegando no pub  Abbey Road aproveitamos pra bater um rango enquanto os câmeras da TV não chegavam, pois a passagem de som seria filmada. Na passagem, não tivemos muito trabalho, pois os roadies da “Cachorro” já tinham feito todo o serviço, só passamos as vozes e uma única música e estava ok. Já ficamos por ali mesmo pois não haveria tempo de voltar ao Hotel.

Finalmente no camarim conseguimos relaxar tomando uma gelada. Não demorou muito e os  “Cachorros’ chegaram com a MTV filmando tudo. Foi um momento bem bacana, ‘encheram a nossa bola” , ‘esquenta” regado a muita birita e o papo rolou. Nessa conversa constatamos uma grande identificação no gosto musical com a cachorrada e que também eles são pessoas simples e caras muito bacanas. A equipe da MTV também foi bem legal conosco. Papo vai – papo vem, chega o aviso: “…Lenzi Brothers, 10 minutos! “. Subimos no palco e a casa já estava cheia, era uma festa fechada só para convidados da MTV e da Cachorro Grande. Sobre nosso show, bem, eu não sou a pessoa mais indicada pra falar, mas acredito que mandamos bem, ao menos os elogios foram muitos. Foi um show curto, 45 minutos sem prorrogação nem pênaltis, mas o suficiente pra mandarmos o recado, e o melhor, tudo filmado. Voltando pro camarim os “Cachorros”  estavam vibrantes com o nosso som  e nisso já rolou um convite para dividirmos o palco novamente em breve.

Aí, chegou a vez deles. Subiram no palco e mandaram ver, fizeram um show do caralho, não é a toa que chegaram lá. Eu nunca tinha visto ao vivo, achei foda. Depois dos shows, um som mecânico e a festa continuou. Nesta noite tinha bastante gente das bandas de POA: Pata de Elefante, Pública, Locomotores, Efervescentes e outras que não lembro agora. Conhecemos bastante gente do rock portoalegrense, foi bom. Ficamos na festa até umas 3 da matina e então a van levou todo mundo pro Hotel.

No dia seguinte levantamos lá pelas 9:00 da manhã perguntando se alguém “anotou a placa do caminhão”. Tomamos um café reforçado e seguimos viagem direto sem almoço até Balneário. Chegando em casa foi só o tempo de comer  algo, dormir poucas horas  e seguir pra Joinville aonde rolou um show muito massa com a casa cheia, no outro dia Curitiba. Mas essa é outra história, agora é esperar novembro chegar.

Por: Marzio Lenzi

 

Lenzi Brothers hoje em Porto Alegre

julho 31, 2008

 

Então, como anunicado no post anterior, nesta noite os Lenzi Brothers dividem o palco com o Cachorro Grande numa festa fechada da MTV na cidade de Porto Alegre. Segundo Marzio Lenzi, por telefone, o show será por volta das 22 horas no pub Abbey Road, na capital gaúcha. Os guris estão na estrada e chegando lá já vão se ajeitarem pro róque. Bom, se você é leitor do Mundo47 em Porto Alegre, tente dar uma passadinha lá no Abbey Road, vai que rola uma entrada free.

Mundo47 deseja boa sorte pros Brothers em seu show.

Nine Inch Nails confirma duas datas no Brasil

julho 2, 2008

Trent (no centro): NIN seguirá em turnê pela América do Sul

A banda americana, liderada por Trent Reznor, Nine Inch Nails ou NIN como todos conhecem, estará no Brasil em outubro para dois shows. Um em São Paulo, no Via Funchal (dia 07) e outra em Porto Alegre, no Pepsi Stage (dia 09). 

A turnê divulga o álbum The Slip, que pode ser baixado no site da banda de Trent Reznor.  A produtora local que traria o show a Porto Alegre ainda não confirmou oficialmente a apresentação da banda na Capital gaúcha. Venezuela e Colômbia também estão na rota de show na América Latina.

Festival Gig Rock define atrações

julho 1, 2008

Mestre: Prof. Frank Jorge dará aulas de rock pra gurizada

No último Lero-Lero Musical, realizado na Livraria Saraiva, o debate sobre o Floripa Noise Festival foi pontuado que no Sul do Brasil, apenas o Festival Demo Sul está filiado a Abrafin. Como bem lembrou Eduardo Xuxu, da Produtora Insecta, um festival para figurar no cast de festivais da Abrafin, necessita ter pelo menos três edições.

Em Porto Alegre, o Gig Rock, festival criado em 2007, está com sua segunda edição recheada de grandes nomes. Entre 4 e 13 de julho, Porto Alegre, no Porão do Beco, receberá nomes como Frank Jorge, Tom Bloch, Identidade, Walverdes, Império da Lã, Pública, os paulistas do Ecos Falsos, os brasilienses do Móveis Coloniais de Acaju e no dia 13, a Superguidis fecha a programação de 10 dias rock, com os bandas argentinos do El Mató a Un Policia Motorizado. Uma grande festa rock no Sul do país.

No final do ano, provávelmente entre setembro e outubro, chegará a vez do Floripa Noise Festival, em Santa Catarina, que fechará uma bela “tríade” de festivais importantes para o meio alternativo.

Cyndi Lauper fará apresentações no Brasil em novembro

maio 20, 2008

Eba! Boa notícia, a cantora americana Cyndi Lauper, ícone pop dos anos 1980, estará no Brasil no mês de novembro para quatro apresentações no mês de novembro. É o que informa o G1. Segundo a nota, a cantora fará apresentações em Belo Horizonte (11) e São Paulo (13) , Rio de Janeiro (15) , Curitiba (17)e Porto Alegre (19).

Cyndi está de volta à cena pop com um novo disco de inéditas, porém, passou os últimos anos realizando shows com velhas canções (que com certeza estarão nos shows brasileiros) no formato acústico. Não há ainda informações sobre os ingressos. O novo disco, “Bring Ya To the Brink”, que está sendo lançado pela cantora, tem 11 músicas compostas pela própria Cyndi.

Cyndi Lauper venceu o Grammy de artista revelação em 1985 e foi indicada por seu trabalho como diretora musical do filme “Os goonies”. Ela vendeu mais de 50 milhões de álbuns no mundo e cerca de 300 mil no Brasil. Entre os maiores sucessos de sua carreira estão “Time after time”, “True colors” e “Girls just want to have fun”.

Chuck Berry fará shows no Brasil em junho

maio 6, 2008

 

Lenda viva do róque, o guitarrista e compositor norte-americano, Chuck Berry , 81 anos, vem para o Brasil em junho para uma série de shows no Rio de Janeiro (17/6, Vivo Rio), São Paulo (18/6, no HSBC Brasil), Curitiba (20/6, Teatro Positivo) e Porto Alegre (21/6, Pepsi On Stage). Nossa, isso vai ser loucura! Vendo bem, Chuck Berry é três anos mais piá que a minha vó Valmira, but a lenda do rock fará um show salgado em sampa. Segundo o Globo.com, o ingresso mais em conta custará R$ 180 pila.

Chuck Berry, autor de grandes clássicos do rock como “Roll over Beethoven”, “Johnny B. Goode” e “Sweet little sixteen”, já passou pelo Brasil em 1993, durante o extinto festival Free Jazz – que também teve Little Richard na programação. Mais recentemente ele tocou numa feira agropecuária no interior paulista. Em São Paulo a venda de ingressos será apenas para clientes do banco HSBC, que está trazendo o guitarrista ao país.

  

O fim dos Jeans

abril 28, 2008

Marco e Dani (Centro) – Jeans em Porto Alegre com sua última formação

Nesta sexta-feira eu tive a oportunidade de bater um lero com Dani Téo, guitarrista e vocalista da banda Tratores, que se apresentou no JB Pub de Balneário Camboriú naquele dia. Para quem não sabe, Dani era membro da banda Jeans, de Santa Catarina que encerrou suas atividades depois de uma aventura sem sucesso em Porto Alegre. Junto com seu fiel companheiro, o baixista Marco Britto e o baterista Celso Tozzo, os Jeans fizeram um relativo sucesso na cena independente catarinense lá por meados de 2004. Foi uma época bacana. Canções inspiradas em Beatles e Jovem Guarda, quase inocentes.

Bastou um tempo em SC para a banda tentar algo numa centro maior e este lugar escolhido foi a capital gaúcha, Porto Alegre recebeu os meninos catarinas que tentavam algo no róque. Vejam bem, o Rio Grande do Sul tem um rótulo chamado Rock Gaúcho. Esse rótulo não é bem uma espécie de caminho do sucesso, mas é algo que se tornou qualidade quando se trata de rock no Brasil. A grande maioria das bandas gaúchas apresentam esse rótulo e se fazem em cima deles, não significam que todas são boas, mas serve para lotar algum bar rock em São Paulo ou Rio. Os Jeans foram seguir essa fórmula. Chegando no RS, eles também deram uma guinada na carreira musical. O lado bobinho do yeah, yeah, yeah e as frases prontas do pop foram deixadas de lado. Com a ida de Marco para uma segunda guitarra, o trio virou quarteto com a adição de um novo integrante no baixo. O som mudou muito e agregados as estas influências do Beatles e os 60´s, o Jeans fez algo moderno e perfeito, ou quase, pois a história foi mudando ao longo do tempo.

Segundo Téo, a banda não teve seu fim por divergências entre integrantes ou brigas internas por diversos motivos, mas sim a falta de grana e as drogas foram depenando a auto-estima e a vontade dos integrantes. O primeiro a abandonar o barco foi Celso Tozzo. Quase um papai, Tozzo deixou os companheiros e foi em busca de algo mais sólido. Novo integrante na banda, mas o núcleo base, Dani e Britto continuavam tentando. As faixas gravadas que estão no Trama Virtual, mostram claramente o virtuosismo melódico imposto na nova proposta da banda. Excelente é apelido, mesmo com uma gravação comprometida, não com a qualidade ideal, o Jeans conseguiu impor para seu som, um diferencial, aquilo que faltava nas bandas de POA.

Numa coisa Dani concordou em nosso papo. Estar em Porto Alegre sem ter um diferencial, é a mesma coisa de não estar. “Muitas bandas em Porto Alegre são iguais umas as outras”, disse. Ao longo do papo, regado a uma cerva, Dani revelou que talvez a ida para POA teria sido um erro, mas não deixou de exaltar que o som que a Jeans provocou na sua passagem pelos gaúchos, foi fundamental. Mas sua desordem mental o fez não ter nem para si, as faixas gravadas em Porto Alegre. Ainda sobre o fim da banda, lá pelas tantas, Marco Britto estava sem um puto no bolso. Os integrantes fizeram de tudo para mantê-lo na capital gaúcha, até festa “Marco AID” foi feita para juntar uns trocados e manter o homem por lá, mas não deu muito certo. Hoje Marco está em Floripa, trampando em emprego de jornalista normal, mas segundo papo que tive com ele no MSN, ele está montando um novo trabalho em Floripa, mais centrado no Folk.

Já Dani lamenta mesmo o fim da banda. Afirma que  numa cidade como POA, a pessoa tem acesso a muita porcaria e tanto que agora com os Tratores, ele vem mantendo uma agenda pesada de shows. No último fim de semana, a banda tocou em três lugares em SC. Com a Tratores o repertório é para bar. Tocam vários clássicos do rock 60´s, mas impõem também um som mais moderno no repertório, das influências dos tempos atuais, porém com a Tratores o trabalho autoral ainda não deslanchou. Dani revela também que está produzindo um material para o lançamento de um disco solo, ainda este ano.

Escute o trabalho dos Jeans no Trama Virtual