Roubaram o carro do Antonio Rossa

É galera, Mundo47 se está solidário ao nosso querido companheiro de blog e de rock, Antonio Rossa, que teve seu carro furtado na noite da última terça-feira.  Florianópolis, o litoral catarinense, vive uma série crise de segurança. Um estado tão pequeno, com tão pouca população, está ficando a mercê disso tudo: a falta de segurança. O recado vale para o sr. LHS e seus seguidores. Leia o texto do tonho:

 

Se você viu o carro Gol Branco – Geração III – Placa MCL 3524 de Lages/SC – Rodas pretas

Ligue pra polícia!

 

A VIOLÊNCIA LEVOU MAIS UMA. UM VERDADEIRO GOL DE PLACA

 

O fato infelizmente se tornou corriqueiro, quase comum em nossa triste realidade. Como milhares de brasileiros, tive meu automóvel Gol roubado (furtado tecnicamente falando) nesta última terça-feira, no bairro Santa Mônica, em Florianópolis, a alguns metros de um posto policial. Não estou aqui reclamando o valor material de um automóvel, bens dessa natureza a gente trabalha e compra novamente, sem problemas. A questão mora ao lado disso, na violência diária a qual somos submetidos, nossas praças estão vazias, as ruas parecem campos de guerra disfarçados por placas publicitárias e neon, a insegurança parece estar vencendo essa batalha.  Um carro se foi, mas poderia ter sido meu irmão, minha mulher, meu amigo ou minha mãe.

 

Graças aos meus pais, fui educado a ponto de perceber a real diferença entre pessoas e objetos, consigo nitidamente diferenciar o valor de um i-pod e de um sorriso sincero. Mas situações como essas me levam a pensar que existe uma lógica ao contrário, e que essa lógica vende mais, muito mais. A filosofia do apego, do status e do poder se dissemina em tempos onde a consciência já deveria ter colocado as coisas no seu devido lugar. Tudo bem que nós vivemos numa guerra de fundamentalistas, num mundo maniqueísta, mas eles não vencerão, eu realmente acredito nisso.

 

É impressionante que nesses acontecimentos a gente percebe o quanto as pessoas se solidarizam e tentam ajudar de qualquer maneira, e isso que nem houve morte ou violência física. As pessoas de um modo geral estão prontas para socorrer e isso humaniza nossa realidade tantas vezes fria e calculista. Alguns até vieram com a sugestão de contratar seguranças para as ruas vizinhas ao fato ocorrido. Aí me vem a questão: Mas que diabos os nossos governantes estão fazendo com nossos impostos?  Eu já pago pela segurança e agora preciso pagar novamente? Pagarei duas vezes? Três? Quatro? Quantas? Uma nova CPMF para a saúde?

 

Agora eu lhe pergunto: pra saúde de quem? A sua? Pense nisso.

 

Apesar de a indignação ativa ser uma constante em minha cabeça, ela acaba alcançando níveis mais altos nesses momentos, e apesar do equilíbrio permanecer quase que intacto fica difícil engolir a seco um problema que amanhã também pode ser seu – e reze para que seja apenas material. É complicado não se preocupar ao ouvir do escrevente do B.O (na delegacia) que no mesmo dia um senhor morreu atropelado na Avenida Beira Mar e que eles tiveram que ir a pé até o local, pois não havia naquele momento viaturas disponíveis na delegacia.

 

Poderia ter sido seu avô ou seu pai meus caros amigos.

 

Fazer um seguro no seu carro não assegura que a violência ficará do lado de fora ou longe de você. É preciso que haja um seguro nacional contra a violência, aliás, algum doutor ou autoridade poderia pensar nisso, não? Acho um pouco difícil. É preciso um projeto de âmbito maior, uma redução dos impostos urgentemente para que o cidadão possa investir em sua própria segurança, e não dependa apenas do Estado.

 

No mesmo dia, em Florianópolis, num raio de pouco mais de 1KM, quatro carros furtados e uma morte por atropelamento num local onde deveria ter uma passagem para pedestres. Isso é preocupante e isso é real.

 

O meu problema foi pequeno, mas por sorte.

Fiquem atentos!

 

Antonio Rossa

Anúncios

Tags: , , , , , ,

2 Respostas to “Roubaram o carro do Antonio Rossa”

  1. Cristiano Says:

    ué, cade o seu político que tu votou? ou vai me dizer que aquele que tu votou nao foi eleito e com isto não fosse atrás … a culpa é do povo mesmo, se a situação esta assim, visite o seu vereador ou a camera de vereador, reuna seus amigos, comunidade onde moras e busque o melhor, esperar é pior e nunca funciona, se for atrás, quem sabe tu consiga algo …

  2. Sams Silva Says:

    Seus artigos são interessantes, quer ingressar no ocasional? Se quiser me manda um email ocasional86@yahoo.com.br, Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: