Governo quer salvar única fábrica de vinil do país

 signedrecord.jpg

A indústria fonográfica brasileira, com o advento do CD, praticamente arrasou com seus velhos parceiros, os fabricantes de vinis. Outras empresas, que produziam o disco, abandonaram o bolachão preto para, claro, agregar o CD na sua rede de produção.

Nos últimos 8 anos uma fábrica localizada em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, foi o verdadeiro quebra galho dos artistas interessados em editar o vinil. A Poly Som sobrevive aos trancos e barrancos, mas conta com a lealdade de artistas do rock independente, que editam diversos singles em vinil e alguns artistas editam até mesmo um disco completo. Outros artistas, como Los Hermanos e Caetano Veloso, também editam algumas cópias dos seus álbuns com a Poly Som.

A novidade vem por parte do Ministério da Cultura, que estuda uma maneira de criar mecanismos para que a Poly Som tenha incentivos tributários. A idéia é que a empresa, que enfrenta dificuldades financeiras e mantém apenas três funcionários na sua linha de montagem, receba incentivos fiscais da Lei Rouanet. 

A empresa reclama dos altos impostos, pois o acetato, material para a produção do disco, é importado e por isso paga muito para a pouca produção que existe. A iniciativa do Ministério é extremamente válida, pois estará preservando a única fábrica de discos no Brasil e quem sabe poderá incentivar a criação de outras.

As bandas de rock adotaram o sistema de vinis. Em Santa Catarina, o selo Migué Records, de Florianópolis, edita vinis em conjunto com a Monstro Discos, de Goiania. Bandas como Cochabambas e Les Incompris já editaram os disquinhos.

Eu como um amante do vinil e proprietário de uma pequena, porém excelente coleção de discos, não abro mão das capas e do ritual de colocar um LP no toca-discos e desfrutar do melhor que há em nostalgia.

Anúncios

3 Respostas to “Governo quer salvar única fábrica de vinil do país”

  1. Raimundo Says:

    Este é o quadro do brasil, nada de incentivo a cultura,só o que eles querem.

  2. jorge saldanha e silva Says:

    gosto muito do vinil gostaria de gravar algus vinil
    queria seber o preço da unidade
    moro em belem do para
    fone=83013103

    porque não vem praca pra belam do para

  3. rogerio fonseca dos santos Says:

    QUE BOM ,QUE AINDA TEMOS O NOSSO VINIU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: